Pago ou pagado?

O particípio passado pode ser regular ou irregular, sendo regular quando acaba em "ado" ou "ido" e irregular quando tem qualquer outra terminação. Há verbos que têm apenas um particípio passado (como convidar ou ver) e outros que têm dois particípios passados, um regular e outro irregular (como gastar, encarregar ou pagar).
A regra, que é amiúde negligenciada, é a seguinte:
  • Quando o verbo só tem um particípio passado, usa-se, naturalmente, sempre esse.

    - Estás convidado para vir à festa.
    - Eu tinha convidado cerca de trinta pessoas, mas só apareceram cinco.

    - O menino que desapareceu foi visto pela última vez nesta casa.
    - Nunca te tinha visto de fato!
  • Quando o verbo tem dois particípios passados, utiliza-se o regular com o verbo "ter" e "haver" e o irregular em todos os outros casos.

    - Se não tivesses gastado tanto tempo com esse exercício, podias ter feito mais dois ou três!
    - Todos os fundos foram gastos de forma responsável.

    - O Jorge ficou encarregue de fazer a acta da reunião.
    - Não sabia que te haviam encarregado da supervisão do gabinete.

    - O empregado informou-me de que a bebida estava paga. Gostava de saber quem a tinha pagado!
Espero que não restem dúvidas!